GOOGLE_ANALYTICS
100%

Neoveneziano é homenageado pela Câmara de Vereadores com nome de rua

Um projeto de lei de autoria do vereador Aroldo Frigo Junior (PSD) para denominar como rua Nicolau Frigo, aquela que inicia na rua Alfredo Pessi e termina no Rio Mãe Luzia em Nova Veneza foi votado durante a sessão ordinária desta terça-feira, 17, na Casa Legislativa do municipio. Todos os legisladores votaram a favor da proposição que aguarda sansão do prefeito municipal.
 
Para trazer detalhes  do neoveneziano homenageado, Nicolau Frigo, ou Nicola, como era carinhosamente conhecido,  a filha Iraci Frigo fez uso da Tribuna Livre.
 
Na oportunidade, fazendo a leitura do histórico de vida do pai, Iraci destacou que Nicolau Frigo, nasceu em 2 de março de 1924 e faleceu em 11 de outubro de 2012. Como filho de agricultores, trabalhou na lavoura, mas também ao longo de sua vida trabalhou como carpinteiro e também durante um período na Tecelagem dos Fontanella, como era conhecida em Nova Veneza a Indústria Reunida Santa Mônica. Foi também padeiro na própria padaria que montou, e mais tarde foi dono por mais de três décadas de um armazém onde atendia a população a qualquer hora, junto com a esposa Delvina Gava Frigo, com quem se casou em 31 de janeiro de 1948. Frigo não abriu mão que os três filhos tivessem formação acadêmica.
 
O autor da moção destacou que todo projeto de lei de rua  com denominação, o homenageado tem que ter uma vinculação histórica com o município. “A gente sente a emoção das pessoas quando seus entes queridos recebem esta denominação através de um projeto de lei. Nicola era uma pessoa querida por todos, sempre alegre. A pessoa que quer descobrir porque o Nicola Frigo tem o nome de rua, é só vir nos anais desta Casa e ver todo o processo de lei do legislativo de minha que ali esta a justificativa das comissões que aprovaram e também o histórico dele de contribuição com Nova Veneza”.
 
O vereador Carlos Eduardo Ghislandi (MDB) lembrou que Nicola fez parte da sua infância. “A gente conviveu com os netos dele, era próximo da família, então a gente sempre teve uma convivência muito bacana, sempre uma pessoa de bem com a vida, brincava com a gente, sempre tratou todo mundo com muito respeito. Teve seu comércio, teve a sua vida marcada em Nova Veneza, contribuiu com o desenvolvimento da cidade, então é mais do que merecido. A gente gosta de ver quando pessoas que realmente fizeram algo pela cidade são homenageadas”, comemora.
 
O vereador Edaltro Bortolotto – Dalto (PSDB) recorda que Nicola participava ativamente da politica. “Me lembro bem dele na eleição de 96 que ele era o primeiro que chegava de fusquinha com a bandeira nas costas e participou de todos os comícios. Era uma pessoa que se dava bem com todo mundo, uma pessoa carismática. Essa é uma pequena homenagem que a gente faz através desta Casa, mas que vai ficar eternamente gravada em nosso município”, afirma.
 
O vereador Cesar Augusto Paseto (PSDB), disse que a família Frigo em Nova Veneza é uma família tradicional que ajudou a construir Nova Veneza. "Nicola fez sua parte também,  nos comércios, nos serviços e também teve a preocupação na educação de seus filhos que hoje são pessoas do bem e que só ajudam o município de Nova Veneza”.
 
Os demais vereados presentes na Casa, também fizeram questão de falar no plenário sobre este projeto de lei. O vereador Claiton Zani (MDB) parabenizou os familiares e relatou estar feliz em conhecer o histórico de uma pessoa que contribuiu muito com Nova Veneza e que se dedicou na criação dos filhos.
 
Já Edgar Preis (PP) acredita que nome de rua é sempre importante, e que as pessoas que são lembradas, são porque contribuíram com a comunidade. 
 
Igualmente o vereador Altevir Selesio Amboni (PP) parabenizou o autor da indicação e a família do homenageado.
 

Notícias

Três vereadores suplentes assumiram vagas na Casa Legislativa
Três vereadores suplentes assumiram vagas na Casa Legislativa

Durante o período de licença das atividades da Casa Legislativa de Nova Veneza dos vereadores Eloir Minatto, o Biro Biro (PSD) Aroldo Frigo Junior (PSDB) e Carlos Eduardo Ghislandi, o Dado (MDB), três vereadores suplentes assumiram as vagas na Câmara de Vereadores: Milton Somariva (PSDB), Samuel Amboni Milanez (PP – MDB) e Rodrigo Vitalli Spillere, o Didi (PSD).

Cinco indicações são aprovadas na 34ª sessão ordinária do ano em Nova Veneza
Cinco indicações são aprovadas na 34ª sessão ordinária do ano em Nova Veneza

Na sessão ordinária desta terça-feira, dia 16, na Casa Legislativa de Nova Veneza, cinco indicações foram aprovadas por unanimidade. Três das proposições tiveram autoria do vereador Claiton Zanzi (MDB), uma do legislador Samuel Amboni Milanez (PP- MDB) e uma do atual presidente em exercício da Câmara de Vereadores, Arlindo da Silva (PSDB).

Três indicações são aprovadas por unanimidade durante sessão ordinária
Três indicações são aprovadas por unanimidade durante sessão ordinária

Três proposições foram apreciadas e votadas pelos vereadores da Casa Legislativa de Nova Veneza, na noite desta terça-feira, dia 9, durante a sessão ordinária. Por meio de indicações os vereadores Claiton Zanzi (MDB), Aroldo Frigo Junior(PSDB) e Samuel Amboni Milanez (PP – MDB) fizeram solicitações ao poder Executivo de modo a serem atendidas pelas secretarias competentes do município. 

Biro Biro assumirá prefeitura de Nova Veneza em novembro
 Biro Biro assumirá prefeitura de Nova Veneza em novembro

O presidente da Câmara de Vereadores Eloir Minatto, o Biro Biro (PSD) a partir desta quarta-feira, dia 10, está licenciado do cargo na Casa Legislativa do município, por 30 dias. No entanto, Biro Biro frisou que está se licenciando da Casa, mas não dos compromissos com Nova Veneza. Ele garante que vai continuar acompanhando e se colocou a disposição para o que for necessário. Após o término do período de licença, Biro Biro assume a prefeitura de Nova Veneza por 15 dias no mês de novembro.

Trabalho da Apae é evidenciado na Câmara de Vereadores de Nova Veneza
Trabalho da Apae é evidenciado na Câmara de Vereadores de Nova Veneza

Atendendo ao requerimento de autoria do presidente da Câmara de Vereadores de Nova Veneza, Eloir Minatto, o Biro Biro, (PSD) a presidente da Associação de Pais e Amigos Excepcionais, Apae de Nova Veneza,  Nórdia Nazari, esteve na Casa Legislativa na noite desta terça-feira, dia 2. “É um momento muito especial para nós, pois nos oportuniza a mostrar à toda comunidade neoveneziana o compromisso que temos em atender com dignidade as pessoas do nosso município, seus familiares, pessoas com deficiência intelectual e múltipla”, disse a presidente da  Apae de Nova Veneza,  Nórdia Nazari.

Samuel Amboni Milanez volta a legislar na Câmara de Vereadores de Nova Veneza
Samuel Amboni Milanez volta a legislar na Câmara de Vereadores de Nova Veneza

O mês de outubro começou com alterações na Casa Legislativa de Nova Veneza. Pela segunda vez, o vereador suplente Samuel Amboni Milanez, também conhecido como bigode, integra a Câmara de Vereadores do município e participa das atividades na Casa.Em junho de 2017, Milanez assumiu durante 1 mês a vaga do vereador Edgar Preis (PP), este ano ele volta a legislar ocupando a cadeira do vereador licenciado Carlos Eduardo Ghislandi (MDB).

Apae de Nova Veneza é convidada para participar de sessão ordinária na Casa Legislativa
Apae de Nova Veneza é convidada para participar de sessão ordinária na Casa Legislativa

Durante a sessão ordinária desta terça-feira, dia 25, um requerimento de autoria do presidente da Câmara de Vereadores, Eloir Minatto, o Biro Biro (PSD) foi aprovado por unanimidade pelos parlamentares. O requerimento tem a finalidade de convidar a presidente da Associação de Pais e Amigos Excepcionais, Apae de Nova Veneza,  Nórdia Nazari, ou o setor responsável, para comparecer na Casa Legislativa durante sessão ordinária. O convite é para que seja explanado aos vereadores e a população as atividades desenvolvidas pela entidade.

Em audiência pública, neovenezianos se posicionam contra o tráfego de caminhões pesados pelo município
Em audiência pública, neovenezianos se posicionam contra o tráfego de caminhões pesados pelo município

A audiência pública para tratar do tráfego de caminhões pesados por Nova Veneza, principalmente nos bairros Eliza e Bortolotto, devido a instalação de uma empresa de britagem em Siderópolis, lotou a Casa Legislativa na noite desta terça-feira, dia 25. No início de setembro, no dia 4, uma reunião foi realizada entre os vereadores, representantes do executivo e polícia militar, para avaliar o requerimento enviado pela empresa Colombo Retroterra, que detalha os locais por onde os caminhões da empresa trafegariam por Nova Veneza. Nesta reunião ficou definido o agendamento de uma audiência pública para que a população pudesse também participar desta decisão.
 

Vereadores visitam Apae de Nova Veneza
Vereadores visitam Apae de Nova Veneza

Sabendo da importância e das necessidades da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais de Nova Veneza (Apae) em manter as atividades, no final da tarde desta quinta-feira, dia 21/9, alguns vereadores da Casa Legislativa do município estiveram reunidos na sede da instituição, que fica localizada no Bairro Bortolotto.

Legislativo aprova indicações para melhorias em Nova Veneza
Legislativo aprova indicações para melhorias em Nova Veneza

Reunidos para mais uma sessão ordinária na Casa Legislativa de Nova Veneza, os vereadores aprovaram por unanimidade nesta terça-feira, dia 18, quatro indicações. Duas das proposições foram de autoria do vereador Edaltro Luiz Bortolotto (PSDB) e duas da legisladora Elisabete Tereza Bortolotto (PP).

Audiência Pública na Câmara de Vereadores vai debater sobre a circulação de caminhões pesados pelo perímetro urbano de Nova Veneza
Audiência Pública na Câmara de Vereadores vai debater sobre a circulação de caminhões pesados pelo perímetro urbano de Nova Veneza

Com o desejo de uma empresa em iniciar atividades de mineração na cidade de Siderópolis, cidade vizinha de Nova Veneza, o poder Executivo e Legislativo neoveneziano convocou uma Audiência Pública para o dia 25 de setembro, para debater com toda população sobre a circulação diária de mais de 50 caminhões pesados por Nova Veneza, que as futuras atividades acarretarão.